Queijo Minas Artesanal e sua nomenclatura errada

Queijo Canastra Araxá

Queijo Canastra Araxá com nomenclatura errada (Mercado Central – BH) | Enviado por @blogdenotas

O modo artesanal de fazer queijo em Minas Gerais é um patrimônio cultural imaterial brasileiro, conforme tombamento concedido em 15 de maio de 2008 pelo Conselho Consultivo do IPHAN.

Tenho lutado por essa causa há algum tempo, tentando postar informação correta e que inspire as pessoas a buscar por mais conhecimento nessa área. Só assim, fortaleceremos as características peculiares de nossa produção, como fazem magistralmente os franceses com seus vinhos, queijos, etc…

Tenho visto mercados, supermercados, bancas em Mercados Centrais pelo Brasil e até delikatesens especializadas em queijo vendendo produtos com nomenclaturas bastante equivocadas.

Esse post visa contribuir para que a informação seja passada de forma correta.

As 7 Regiões Certificadas do Queijo Minas Artesanal

Atualmente (10 de Maio de 2015), as micro-regiões certificadas no Instituto Mineiro de Agropecuário são:

[ws_table id=”4″]

Quando você vir um queijo sendo vendido como sendo Queijo Canastra de Araxá, procure o vendedor, oriente-o a passar a informação correta.

 

Viu um estabelecimento vendendo queijo minas artesanal com nomenclatura errada?

Envie-nos as fotos com nomenclatura errada do queijo minas artesanal para que possamos criar uma corrente de conscientização.

Mercado Central de Belo Horizonte

A cidade de Patrocínio está na Micro-região do Queijo Cerrado. Equivocadamente os queijos abaixo estão sendo vendidos no Mercado Central como Canastra de Patrocínio.

Queijo Canastra de Patrocício com nomenclatura errada (Mercado Central - BH) | Enviado @diariogourmet

Queijo Canastra de Patrocício com nomenclatura errada (Mercado Central – BH) | Enviado @diariogourmet

A cidade de Araxá está na Micro-região do Queijo Araxá. Equivocadamente os queijos abaixo estão sendo vendidos no Mercado Central como Canastra Araxá.

Queijo Canastra Araxá

Queijo Canastra Araxá com nomenclatura errada (Mercado Central – BH) | Enviado por @blogdenotas

A cidade de Carmo do Paraíba está na micro-região do Cerrado. Equivocadamente os queijos abaixo estão sendo vendidos como Queijo Canastra Carmo do Paranaíba.

Queijo Canastra de Carmo de Paranaíba com nomenclatura errada (Mercado Central - BH) | Enviado @oquesefaz

Queijo Canastra de Carmo de Paranaíba com nomenclatura errada (Mercado Central – BH) | Enviado @oquesefaz

 

Supermercado VerdeMar (Belo Horizonte/MG)

A cidade de Araxá está na Micro-região do Queijo Araxá. Equivocadamente o SuperMercado Verdemar está vendendo os queijos abaixo estão sendo Canastra Araxá.

Queijo Minas com nomenclatura errada

Queijo Canastra Araxá com nomenclatura errada (VerdeMar – BH) | Enviado por Bruno Camargos @notasdesabor



8 Comments

  1. Sistema de Renda Extra FR Promotora
    Conheça abaixo todos os detalhes desta oportunidade e dê um novo rumo a sua vida financeira!
    Imagine se você tivesse como ganhar dinheiro apenas colocando anúncios e fazendo divulgações na Internet, sem ter que vender e nem convencer ninguém a nada…
    Pare de imaginar, pois você vai conhecer agora a Oportunidade de obter ótimos ganhos semanais e mensais superiores a R$ 150,00 (Cento e Cinquenta Reais) e Ganhos Mensais que rapidamente passarão dos R$ 1.500,00 (Mil e quinhentos Reais), podendo chegar a R$ 8.818,25.
    http://www.frpromotora.com/44708838

  2. Glaucia wrote:

    Recentemente vi no Verdemar do Sion com a descrição: QUEIJO MINAS ARAXÁ.

  3. OI NILO, o queijo deve ser feito com Leite Cru + seguindo os padrões determinados pela norma + ter sido feito em alguma das cidades de cada micro-região.

  4. Muito interessante Bruno. Mas admito que fiquei um pouco confuso. A nomenclatura Canastra, por exemplo, se refere especificamente a uma micro-regiao e não a um tipo de queijo? Ou seja, qualquer queijo artesanal fabricado nessas cidades é um Canastra, independente de como foi feito?

  5. Viviane wrote:

    Interessantíssimo! Não sabia disso. Posso divulgar seu texto no meu blog? Obviamente, com todos os créditos :)

    • Bruno Camargos wrote:

      Oi Viviane, pode sim! O objetivo desse post é ser espalhado! Todo mineiro deve ajudar a fortalecer o TERROIR dos produtos que produzimos: queijo, cachaça, doces, etc…

  6. Olá! Já fui coordenadora do programa do Queijo Minas Artesanal no IMA- Instituto Mineiro de Agropecuária e já comentei com 2 gerentes do VERDEMAR sobre o equívoco citado no post e nunca fui ouvida. Inclusive nenhumas das fotos postadas mostra o queijo certificado pelo IMA (não pode ser vendido sem embalagem e rótulo deve conter todas as informações previstas na legislação), portanto são produtos clandestinos que não devem ser consumidos, pois podem transmitir diversas doenças. No site do IMA há uma lista de todos os produtores que tem seus produtos certificados e pode ser consultada por qualquer supermercado, lojista, etc.:http://www.ima.mg.gov.br/component/docman/doc_details/680-produtores-queijo-minas-artesanal-..