Claude Troisgros, conhecendo sua história

Claude Troisgros
O nome Troisgros está no cenário gastronômico há pelo menos 3 gerações. A família começou sua tradição na França dos anos 30 com Jean-Baptiste, o avô de Claude Troisgros.

Claude veio para o Brasil em novembro de 1979 quanto aceitou o convite de Gaston Lenôtre e deixou Roanne, na França, rumo ao Rio de Janeiro, para assumir o restaurante Le Pré Catelan, que hoje é comandado pelo chef Roland Villard.

Nos seus mais de 30 anos de permanência no Brasil, Claude Troisgros abriu vários restaurantes: Roanne (30 m2, com 18 banquinhos sem encosto), Olympe Restaurante (nome de sua mãe), 66 Bistrô, CT Brasserie, CT Boucherie.

Mas sua história dentro da cozinha começou bem antes. Aos seis anos de idade assinou um contrato para ser aprendiz no Paul Bocuse (veja o post sobre o Restaurante de Paul Bocuse) assim que tivesse idade. Era uma brincadeira com o grande amigo da minha família, mas de fato aos dezesseis anos foi para o restaurante de Bocuse aprender.

Caderno de anotações de Claude Troisgos

Caderno de anotações de Claude Troisgos Via: http://otaodovinho.blogspot.com.br/2011/07/paul-bocuse-nouvelle-cuisine-e-o-seu.html

Caderno De Receitas de Claude Troisgros

Caderno De Receitas de Claude Troisgros Via: http://www.modagourmet.com/2011/07/02/bocuse-por-claude-troisgros/

Genealogia da família Troisgos

Genealogia da Família de Claude Troisgos

Currículo do Chef Claude Troisgos

  • Formado em culinária pela Universidade de Thonon Les Bains, na França
  • De 1974 a 1979 passou pelas cozinhas do restaurante Paul Bocuse (Lyon), Rostang (Grenoble), Taillevent (Paris), Connaught (Londres), Tantris (Munique)
  • O primeiro chef do Le Pré Catelan, no hotel Rio Palace (atual Sofitel)