Cachaça: o maior produtor de cachaça de Minas

Conhece o maior produtor de cachaça de Minas, do Brasil e do Mundo?

O nome do maior produtor de cachaça do mundo é TONI Rodrigues. Essa peça raríssima deu uma entrevista para o UOL direto de Salinas / MG. Ao lado de seus alambiques, TONI exibe bom humor e fala como sua carreira como empreendedor começou, ao 7 anos!

Por falar em Cachaça, veja essa Receita de Caipirinha

Depois de ver o vídeo do maior cachaceiro do Brasil, veja algumas fotos

 

Um pouco mais sobre a cachaça

Cachaça é o terceiro destilado mais consumido no mundo, ficando atrás apenas da vodca e do soju, destilado coreano feito do arroz e da batata doce, bebido em toda Ásia.

A produção nacional de aguardente é de 1,3 bilhão de litros anuais (90% industrial e 10% artesanal), gerando receita da ordem de US$ 500 milhões e empregando cerca de 450 mil pessoas.

Atualmente o Brasil tem 30 mil fabricantes de cachaças sendo São Paulo o maior produtor de cachaça industrial e Minas Gerais o maior de cachaça artesanal com mais de 8500 alambiques (apenas 500 registrados, 95% clandestinos) e 200 milhões de litros por ano. O brasileiro bebe cerca de 11 litros/ano de cachaça, superando tradicionais consumidores de destilados, como os alemães, os húngaros e os poloneses (entre 9 e 10 litros/ano).

zv7qrnb



2 Comentários

  1. edna wrote:

    fiquei imprecionada com este belo homem, de carater sorridente , confesso mim apaixonei, este seria o homem dos meus sonhos , de bem com a vida e rico, e o companheiro que sempre sonhei,,, essa cobra mim assustou um pouco , mas parabens por tudo, qualquer coisa estou aqui,bjs

  2. Nome * wrote:

    Sr. Toni, preciso muito de sua ajuda, temos 90 cachorros e estão sem ração , cada dia é uma luta, ninguém ajuda só criam problema, até no ano de 2013, de tanto o povo criticar o juiz deu uma liminar para matar todos os cachorros, foi uma luta\. E conseguimos salva-los, ofa, foi muito trabalho, por favor agora é a comida deles, ração, são muito pegamos também cachorro de rua. Nos ajudem! (35) 9890 2072. obrigada!