Taste Vin, um clássico restaurante de Belo Horizonte

“O Taste Vin é o melhor restaurante de Belo Horizonte”. Quantas e quantas vezes escutei isso! Mas afinal, de quem é esse posto? Gosto cada um tem o seu, mas um restaurante que há mais de 20 anos tem suas mesas lotadas merece muito respeito!  O Taste Vin é de fato um restaurante vencedor e colecionador de prêmios: Melhor Adega, melhor francês, melhor restaurante, e por aí vai…

Sua história começou em 1987, quando um grupo de amigos decidiu montar um negócio próprio que fosse, além de trabalho, um prazer. Todos era apreciadores de vinhos e Rodrigo Assunção Fonseca, um dos sócios, gostava também de cozinhar e assumiu a cozinha desde o primeiro dia.

Restaurante Taste Vin

Restaurante Taste Vin

Fica localizado na gastronômica Rua Curitiba no Lourdes em uma simpática casa que lembram as do interior da França com decoração aconchegante. Por um instante, me senti em Lyon, quando passei a observar os talheres, loucas e detalhes à mesa.

Louças clássicas do Restaurante Taste Vin

Louças clássicas do Restaurante Taste Vin

O restaurante abriu as portas em janeiro de 1988, com 8 mesas e 30 lugares, servindo 8 tipos de soufflés e 2 pratos de carne. Hoje, o restaurante tem um vasto cardápio. Para entrada Soupe à l’oignon (Sopa de cebola gratinada com torradas e queijo gruyère), R$ 34 ou Quenelles de saumon (Bolinhos de salmão ao vapor com molho de ciboulette), R$28 que foi o que pedi. Uma entrada honesta, mas que não surpreendeu.

Bolinhos de Salmão - Entrada Restaurante Taste Vin

Bolinhos de Salmão – Entrada Restaurante Taste Vin

 

Para o prato princial, um clássico da casa: Cherne aux noix de macadamia, banane et ketchup de poivron (Cherne em crosta de macadâmia, banana da terra e ketchup de pimentão), R$ 80. O prato é muito bom, ponto do peixe perfeito e a crosta de macadâmia dá o toque sofisticado ao prato. A banana da terra estava gostosa, mas roubou um pouquinho a delicadeza do peixe. Foi melhor comer o peixe e depois a banana.

Cherne em Crosta de Macadâmia

Cherne em Crosta de Macadâmia

O outro prato da noite foi o Poisson du jour en écailles de pommes de terre (Filet de peixe do dia com escamas de batatas, fondue de tomate e purê de coentro), R$ 65. Me recordei do prato clássico de Paul Bocuse que comi em seu restaurante em Lyon.

Peixe com Escama de Batata do Taste Vin

Peixe com Escama de Batata (acima Taste Vin, abaixo Paul Bocuse)

Penso que o prato do Taste Vin merece algum melhor para deixá-lo um pouco menos seco. O molho de ciboulette da entrada (Bolinhos de Salmão) cairia bem ou até um molho com algo cítrico como no de Bocuse.

Para a sobremesa, Crème brûlée, R$ 19.

Crème brûlée do Restaurante Taste Vin

Crème brûlée do Restaurante Taste Vin

 

O restaurante Taste Vin é sem dúvidas um dos grande restaurantes de Belo Horizonte. De fato, um clássico!



Exibir mapa ampliado

Restaurante Taste Vin

Site: www.tastevin-bh.com.br
Rua Curitiba, 2105 – Lourdes Belo Horizonte – MG, 30170-120
Telefone: (31) 3292-5423



1 Comentário

  1. Bruno, espetacular os comentários sobre o restaurante do paul bocuse