Au Bon Vivant, francês sem frescura

Alegria.  Essa é a palavra que me vem à mente quando me recordo de minha primeira visita ao mais novo restaurante francês de Belo Horizonte – Au Bon Vivant.

Fomos recebidos com cordialidade e um enorme sorriso no rosto pelo proprietário da casa Philippe Watel que comanda o restaurante ao lado de sua mulher, Silvana, que conheceu enquanto ela passava uma temporada na França estudando gastronomia.

O restaurante é lindo, réplica dos tradicionais bistrôs parisienses com suas cortinhas, mesas simples de madeira com forros brancos e sofás vermelhos inteiriços.

Au Bon Vivant - Restaurante em BH

Au Bon Vivant – Restaurante em BH

Anexo ao restaurante está se gestando um empório onde se venderá vinhos  (de importação própria e ótimo preço!), compotas, terrines,  financiers, cannelés e outras delícias francesas preparadas na casa.

De entrada pedimos uma sopa de cebola e uma brandade de bacalhau! O cheiro da sopa de  cebola (R$19) me transportou imediatamente para Paris (veja algumas dicas de restaurante em Paris).  Sopa de Cebola legítima com excelente custo x benefício.

Creme de Cebola do Restaurante Au Bon Vivant

Creme de Cebola do Restaurante Au Bon Vivant

A brandade de bacalhau (R$27) é também uma delícia.  Delicada, no tamanho certo para uma entrada coberta com crispy de alho porró.

Brandade de Bacalhau

Brandade de Bacalhau do Au Bon Vivant

Como prato para os vegetarianos, sugiro o Ratatouille gratinado com queijo de cabra que vem acompanhado do intenso sabor do queijo tostado. Custa R$ 30.

Ratatouille gratinado com queijo de cabra

Ratatouille gratinado com queijo de cabra

Para os principais só havia peixes de sabor mais forte: Salmão e truta. Confesso que gostaria de ter visto maior variedade, como um peixe de sabor mais delicado.

Comemos uma sugestão da semana: Salmão Grelhado com Alho Poró e lentilhas “du Puy” ao molho de laranja e açafrão (R$ 53). O Salmão estava gostoso, mas as lentilhas foram a melhor parte, combinando muito com o molho de laranja, açafrão e alho porró.

Salmão com Lentilhas "duPuy" e molho de laranja e açafrão

Salmão com Lentilhas “duPuy” e molho de laranja e açafrão do Au Bon Vivant

Fui de costeleta de cordeiro em crosta de limão siciliano com Ratatouille (R$ 65). A carne estava incrivelmente tenra, macia e no ponto perfeito.

Costeleta de cordeiro em crosta de limão siciliano com Ratatouille do Au Bon Vivant

Costeleta de cordeiro em crosta de limão siciliano com Ratatouille do Au Bon Vivant

 

Filé em Crosta de Ervas, Molho Bordolês e Purê de Batata Trufado

Filé em Crosta de Ervas, Molho Bordolês e Purê de Batata Trufado do Restaurante Au Bon Vivant

O outro prato que experimentei foi o incrível Tornedor de Filé em crosta de ervas, molho estilo bordolês, purê de batata trufado (R$ 52). Prato equilibrado, saboroso e meu preferido da noite!

De sobremesa Crème brûlée, como sempre!!! Também muito bom!  (veja essa receita de Crème brûlée) E um café gourmand. Os vinhos são um capítulo a parte.

A importação própria permite que sejam servidos a preços abaixo do que se vê normalmente em Belo Horizonte e todos podem ser saboreados em taça.

Uma grande novidade para mim e que achei muito legal é que o cardápio sugere harmonização de vinho para cada um dos pratos!!!! Além disso, todos os vinhos podem ser tomados em taças!

Saí do Restaurante Au  Bon Vivant com a vontade de voltar rápido! Simpatia, atenção constante no salão e comida boa é uma receita certeira para o sucesso de um restaurante.

Au Bon Vivant é realmente um restaurante francês sem frescura, como entoa seu logotipo!

Quase em Paris - Au Bon Vivant

Quase em Paris – Au Bon Vivant


Au Bon Vivant

Site: www.aubonvivant.com.br

Facebook:  https://www.facebook.com/AuBonVivant/

Endereço: R. Pium-i, 229 – Cruzeiro, Belo Horizonte – MG, 30310-080

Telefone: (31) 3227-7764




7 Comments

  1. Olá, Bruno.
    Acompanho seu site já há algum tempo e, com relação ao “Au Bon Vivant”, não poderia deixar de me manifestar.
    Já estive lá duas vezes e acho que você sintetizou bem o que essa nova casa proporciona aos seus comensais: Alegria.
    Os ótimos vinhos a preços extraordinários têm sua cota de responsabilidade nesse efeito, hehehe.
    Ontem mesmo experimentei um delicioso Haute Côte de Nuits. Não estava “inspirado” a pagar por uma garrafa inteira, então pedi uma taça só para conhecer um pinot noir dessa procedência. Fantástico.
    Pedimos um tinto da região de Bergerac que gostamos muito por apenas R$48 a garrafa. É ou não é para ficar feliz?, rsss…
    Nos principais, concordo com você. Até agora, o melhor prato que experimentei foi o filé em crosta de ervas. Mas essa costeleta de cordeiro que vc fotografou está estimulando uma terceira visita.
    Sugiro como entrada as rillettes de porco, coelho e pato. E de sobremesa uma tacinha de sauternes.
    Abç e parabéns pelo trabalho.

  2. Fernanda Amarante wrote:

    Taí um lugar que quero muito ir, Bruno! Não sabia que a decoração era tão idêntica aos bistrôs parisienses, acho fofo. Mas o que interessa mesmo é a comida, e essa só provando! É bem clássica, então não tem muito onde errar… Veremos!

  3. Obrigado Julio! Grande abraço! O Restaurante Au Bon Vivant é muito simpático! Vale a pena conferir esse restaurante bistrô francês!

  4. Bruno, parabéns pelo post. Mais um restaurante pra seguir seu "rastro". Mais uma vez fico muito feliz de saber essas novidades daqui da nossa cidade. Um super abraço e muito obrigado pelos excelentes comentários . Abraço.